Piso Radiante

Piso Radiante

Piso Radiante

Piso Radiante é o sistema de aquecimento, que nos últimos anos tem tido um maior crescimento, uma vez que proporciona aos utilizadores inegáveis vantagens, nomeadamente o conforto.

De todos os sistemas de aquecimento existentes, o chão radiante é o que melhor se ajusta ao perfil óptimo de temperaturas do corpo humano.

Este perfil é aquele segundo o qual, a temperatura do ar à altura dos pés é ligeiramente superior ao da temperatura do ar à altura da cabeça.

Isto traduz-se numa percepção e sensação de maior conforto por parte do utilizador deste sistema.

  • Pés quentes:

Sente-se uma sensação de maior conforto, quando os pés se encontram a uma temperatura levemente superior à da cabeça. Este efeito consegue-se com o aquecimento por piso radiante gerando no chão temperaturas inferiores a 29ºC.

  • Aquecimento uniforme:todo o espaço com uma temperatura óptima

O emissor térmico é todo o chão da área, desta forma consegue-se um calor agradável e uniforme face ao fenómeno das zonas quentes e zonas frias que se obtêm com outros sistemas de aquecimento nos quais existe um número limitado de emissores de aquecimento.

  • Sem correntes de ar:aquecimento higiénico e saudável

Como a temperatura da superficie emissora (pavimento) é baixa (inferior a 30ºC), o movimento do ar quente (convecção) é impercéptível. Com a ausência de movimento de ar há menos movimento de pó conseguindo-se um ambiente mais higiénico e saudável

  • Aquecimento invisível

Consegue-se um maior espaço habitável, ao não utilizar sistemas de aquecimento visíveis (por exemplo radiadores), assim como também deixa de existir o risco de golpes ou queimaduras por contacto com eles.

É um sistema de aquecimento que oferece total liberdade de decoração de interiores. Pode dizer-se que é um aquecimento invísivel.

  • Redução do consumo

A economia energética média numa vivenda é de aproximadamente 20% face ao aquecimento por radiadores e superior se a compararmos com o aquecimento por convectores de ar.


Para uma mesma sensação térmica percebida pelo utilizador, a temperatura ambiente média de um local é inferior, se aquecida por piso radiante do que, se aquecida através de radiadores, convectores de ar, etc.

Ao aquecer através de outros sistemas a temperatura das zonas elevadas do local é maior (temperatura não sentida pelo utilizador).

Isto origina o desperdiçar de energia e em consequência o aumento da factura de combustível. Um outro factor importante de economia energética é a diminuição de perdas de calor na caldeira e nas condutas devido à menor temperatura da àgua de impulsão e retorno.

O sistema de piso radiante pode ser alimentado através de paineis solares térmicos o que incrementará ainda mais a economia energética inerente ao sistema.

Aquecimento sem manutenção  a instalação não precisará de nenhuma manutenção desde o dia em que inicia o seu funcionamento (não é preciso pintar nem purgar nem realizar nenhuma outra tarefa periódica).

Lembre-se que o aquecimento é invisível.

PisoRadiante1.png PisoRadiante2.png
Distribuição ideal da temperatura

Distribuição de temperatura com
sistema de aquecimento por Piso Radiante

 

PisoRadianteGrafico.png